Top Ad unit 728 × 90


Novidades

recent

Detinha Avelino: É Possível Sexo Anal Sem Dor?


Algo bastante característico em mim é que sou muito curiosa. O que não sei fazer, procuro aprender, depois aperfeiçoar e então ensinar. A minha primeira experiência anal foi traumática e dolorosa, e por isso decidi aprender mais sobre o assunto. Fui ter com um amigo que é expert em sexo anal, um homossexual que era meu cabeleireiro. Disse-me ele que havia alguns padrões a serem seguidos antes do sexo. E que o ânus é rua de sentido único, pelo que se quisesse que desse certo, teria de desimpedir a via.

«Está bem, e então com isso já não haverá dor?», perguntei eu.
«Haverá sim, mas é uma dorzinha tão boooa!»

Ao longo dos anos aperfeiçoei-o de modo a finalmente chegar à técnica que vou agora ensinar. Realmente, para o sexo anal ser prazeroso, devem-se seguir alguns padrões e o primeiro deles é tentar desimpedir o ânus o máximo possível. O segundo tem muito a ver com higiene: nada mais desagradável que mau odor na hora do sexo, portanto, depois de usar a sanita, baixe-se dentro da banheira, unte a mão com sabão e introduza lentamente o dedo. Não se assuste: é mesmo nojento.

Depois, pegue no chuveiro e segure-o bem próximo do ânus. Ligue a água e deixe que a sua pressão a lave por dentro. Faça isso um par de vezes, passe mais sabonete nas mãos e lave o ânus outra vez. Tente pressioná-lo contra a sua mão, de modo a tirar toda a água que lhe ficou dentro. Feito isso, eliminará a palavra «nojento» do sexo anal. Agora só falta eliminar a palavra «dor».

Essa parte vai depender muito do seu parceiro. Comece a sua festa com muitos beijinhos, carícias e um delicioso sexo oral. Bem, isso não é obrigatório, mas não resisti a sugerir. Se o seu parceiro aguentar mais de uma vez, deixe para o final. Caso contrário, parta logo para o ataque antes que desista.

Coloque-se de quatro e peça-lhe que se ajoelhe por trás e encoste o pénis no seu ânus. Combine com ele que será você a fazer as «apresentações», de modo a introduzi-lo lentamente e apenas o que não lhe magoe. Feito isso, vá-se mexendo, pouco a pouco. Nessa posição, sentirá o roçar do pénis no clitóris e isso minimizará a dor. Nessa fase, estará mais excitada e ele totalmente louco atrás de si. Talvez já seja hora de aquietar-se e permitir que ele faça os movimentos de entrar e sair. Assim torna-se mais agradável. Enquanto isso, massaje o seu clitóris: toda a ajuda é bem-vinda.

Em breve, sentirá o pénis dele a inchar dentro de si e a jorrar como nunca. Algumas mulheres também conseguem ter orgasmos maravilhosos assim. No fim, repita a higiene feita na banheira e, se possível, use sabonete Lux, que tem propriedades cicatrizantes. Coloque sabão nos dedos e insira-os lentamente. Se porventura houver saído alguma ruguinha do ânus, esse é o segredinho que não a deixará inchar. E agora já pode sair à rua no dia seguinte, olhar para as outras mulheres e pensar: «Eu sou mesmo poderosa na cama! Posso fazer de tudo!»


Por: Detinha Avelino
Detinha Avelino é uma escritora brasileira, residente em Lisboa. É autora dos livros eróticos «Seduzca Me» e «Pequeña Y Rara», escritos em espanhol, assim como de «Filha do Destino», sobre o qual pode encontrar mais informações aqui.

>>
Detinha Avelino: É Possível Sexo Anal Sem Dor? Reviewed by Revista 21 on 03:00 Rating: 5

Sem comentários:

");
Todos os direitos reservados por Revista 21 © 2011 - 2015
Design por Sweetheme

Formulário de Contacto

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.