Top Ad unit 728 × 90


Novidades

recent

Música 21: Plágio ou Inspiração?


E se os nossos ídolos não forem tão criativos como imaginamos? Acontece. Alguns dos artistas mais famosos de sempre foram já levados à barra do tribunal por plágio. Porquê? Um motivo simples: «esquecem-se» de pedir autorização e pagar os direitos. Quer saber quem? Continue a ler!

Texto: Luna Santos 

AVRIL LAVIGNE
A cantora não foi acusada de plágio só uma vez, mas a situação mais mediática foi em 2007, logo depois de Lavigne ter ganho um prémio com a música «Girlfriend». Quem não gostou foi a banda Rubinoos, que canta, em «Boyfriend», Hey hey you you, I wanna be your boyfriend. Familiar? A versão da Avril é Hey hey you you, I don’t like your girlfriend. Os rapazes californianos trataram logo de abrir um processo em tribunal. Acabaram por concordar que o que Avril mais diz nas suas músicas é «Hey» e a coisa ficou-se por ali. Já a compositora Chantal Kreviasuk ficou surpreendida ao ver no álbum da canadiana uma música intitulada «Contagious». Isto porque lhe tinha enviado pouco tempo atrás uma música com o mesmo título, sem receber resposta. No entanto, quando Avril lhe recomendou que ouvisse a música, concluiu que afinal a coincidência estava mesmo só no título e pediu desculpa. Mais recentemente, surgem comparações entre a música «Smile», de Avril, e «Homecoming», dos Green Day, mas ainda ninguém se queixou.

BLACK EYED PEAS
A música «Party All The Time», do álbum The E.N.D., gerou controvérsia, devido às parecenças com a canção «Mancry» de Adam Freeland. A banda defendeu-se, dizendo que não plagiou, «só» não obteve permissão para usar o sample. Mas as acusações à banda da menina Fergie não se ficam por aqui. O nome Sexual Harrassment soa familiar? Não? E a música «I Need a Freak», conhece? Os Black Eyed Peas conhecem. O seu hit «My Humps» do álbum Monkey Business parece ser um plágio daquele tema, apesar de não haver queixa dos Sexual Harrassment. De qualquer modo, os BEP sabem defender-se. O grupo ganhou um processo feito pela cantora de hip hop Phoenix Phenom, em que esta alegava ter sido plagiada na canção «Boom Boom Pow», supostamente uma versão do seu original «Boom Dynamite». Parece que não era.

BRITNEY SPEARS
A declaração de amor à moda de Britney, If I said I want your body, would you hold it against me?, não foi recebida da melhor forma pelos The Bellamy Brothers. A banda tinha lançado em 1979 uma música intitulada «If I Said You Had a Beautiful Body, Would You Hold It Against Me» e interpretou o verso de Britney como plágio. Em tribunal, o caso resolveu-se rapidamente: a dupla de irmãos retirou o que disse e pediu desculpa publicamente. Esta não foi a primeira vez que Britney venceu um processo de plágio em tribunal: em 2006, a sul-coreana Lee Hyori sentiu a fúria da cantora após plagiar «Do Somethin’» no seu tema «Get Ya».

COLDPLAY
Já deve ter ouvido dizer que os Coldplay plagiaram Joe Satriani em «Viva La Vida», cujo título original seria «If I Could Fly». O guitarrista iniciou uma acção em tribunal contra a banda de Chris Martin, mas acabaram por chegar a um acordo que pôs fim ao processo. Só que a história tem contornos mais recambulescos... A desconhecida banda Creaky Boards alega que a sua música - e repare no pormenor do título - «The Songs I Didn’t Write», é a versão original que inspirou Satriani e Coldplay. Uma pesquisa no YouTube é suficiente para perceber que há semelhanças. Mas há mais. Tudo isto parece provir da música «J’en ai Marre» da cantora francesa Alizée. Em que ficamos? Não se sabe. A menina não abriu processo contra ninguém, ficamos assim.

LADY GAGA
São já habituais as acusações de plágio contra Gaga. E a cantora não faz a coisa por menos: em «Born This Way», proveniente do álbum com o mesmo nome, plagia supostamente «Express Yourself» de Madonna, precisamente a figura a quem é mais vezes comparada. A acusação veio dos fãs da Rainha da Pop, e Gaga não tardou a defender-se, justificando que apenas recuperou o ritmo da house music dos anos 80: «Só porque sou a primeira em 25 anos a colocar o ritmo de volta aos tops, não significa que sou plagiadora, significa que sou esperta.» No fim, tudo acabou bem. Madonna enviou até um e-mail a Gaga, dando-lhe os parabéns pelo tema. As meninas continuam amigas.

MADONNA
Pois é, até a Rainha da Pop está metida no «esquema». E a acusação foi provada. Em 1998 sai o álbum Ray Of Light, cujo primeiro single se intitulava «Frozen». Mas quem congelou ao ouvir o tema foi o compositor belga Salvatore Acquaviva, autor da música «Ma Vie Fout L’Camp». É que a música da diva pop contém quatro acordes iguais aos desta música. O compositor ainda tentou um acordo amigável, mas Madonna não foi em cantigas. Má jogada. Acabou por perder o processo em tribunal e viu o seu álbum retirado do mercado e o videoclip impedido de passar na televisão.

E EM PORTUGAL...
Nem vamos perguntar se está a ver (ou, neste caso, a ouvir) a música «Intervalo» dos Per7ume. Nos últimos anos já a deve ter ouvido mais vezes do que as desejáveis. Perguntamos antes se está a ver (isto é, a ouvir) a música «Your House», de Alanis Morissette. Não? Nem precisa de ouvir a música toda, as semelhanças notam-se logo ao início. Ainda assim, o caso não foi - até ver - além de algum burburinho na Internet.


>>
Música 21: Plágio ou Inspiração? Reviewed by Revista 21 on 00:30 Rating: 5

Sem comentários:

");
Todos os direitos reservados por Revista 21 © 2011 - 2015
Design por Sweetheme

Formulário de Contacto

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.